17 outubro, 2007

O começo...

Sofri por não te ter no meu ombro
mas depois de tanto sofrer
deixei que o destino me guiasse
e não tardou em surpreender-me.
Um dia cinzento, escuro, chuvoso
um raio de luz atravessou o meu caminho
e lá deixou uma estrelinha muito brilhante
que és tu, hoje a minha princesa.
Agradeço hoje a mim mesmo e orgulho-me
de ter a paciência para que a minha tristeza
desse lugar a uma alegria e felicidade muito grande
amo-te, e cada dia que passa quero-te amar o dobro.

Johnny © 2007

Sem comentários: